A evolução da mulher como empreendedora

Foi-se o tempo em que às mulheres era reservado somente os trabalhos domésticos, como lavar, passar, cozinhar e cuidar dos.

Foi-se o tempo em que às mulheres era reservado somente os trabalhos domésticos, como lavar, passar, cozinhar e cuidar dos filhos e marido. Porém, à partir da década de 70, as mulheres foram conquistando seu espaço no mercado de trabalho, seja fazendo doces, bordados, flores ou lecionando aulas de música.

Hoje em dia as mulheres já ocupam vários cargos antes considerados masculinos, atuando na área de construção civil, transporte de cargas e pessoas, tribunais, aeronáutica, pesquisa, tecnologia, entre outras.

Sabendo que 52% dos novos negócios criados no país é administrado por mulheres (dados do Sebrae), startups estão oferecendo cursos na área de liderança e marketing para o público feminino.

A startup paulistana Feminaria, criada no fim de 2017, tem prestado consultoria às microempresárias quanto à gestão de suas empresas. A referida startup conta com um investimento que já soma R$13 mil em marketing e aumento de 150% no contato com potenciais compradores.

Seguindo o mesmo caminho, um dos maiores eventos anuais e colaborativos sobre empreendedorismo do Brasil, “Virada Empreendedora” reuniu cerca de 3000 participantes em 2018, na sua oitava edição. O evento tem por objetivo fomentar o ambiente empreendedor no Brasil e aborda temas importantes em suas palestras, tais como: empreendedorismo social e feminino, marketing digital, inspiração, inovação, entre outros.

Em muitas empresas,as mulheres ainda ganham cerca de 30% menos que os homens que exercem o mesmo cargo, contudo, as mulheres têm se esforçado cada vez mais para se qualificar e estarem sempre atualizadas em relação ao mundo dos negócios, o que tem surtido efeito, já que, aos poucos está crescendo o número de mulheres que ganham mais que o marido. Fato é que, as mulheres têm mostrado que de sexo frágil não tem nada. Já provaram que são capazes de cuidar de si e ainda conquistar o que quiserem, seja dentro de suas casas ou na direção de grandes empresas.

This article was written by BeaC.