Cantora que pediu silêncio no Lollapalooza justifica atitude “Eu tenho ansiedade e luto contra isso”, explicou, Melanie Martinez, durante o show considerado o melhor do evento

  Muitos fãs entusiasmados podem não ter entendido (ou gostado) quando Melanie Martinez pediu silêncio no Lollapalooza diante de tantos.

 

Image result for Melanie Martinez

Muitos fãs entusiasmados podem não ter entendido (ou gostado) quando Melanie Martinez pediu silêncio no Lollapalooza diante de tantos gritos da plateia, mas a atitude não foi a primeira, e não deverá ser a última; É que em 2015, pela primeira vez no Rio de Janeiro para cantar no Lolla, a ex-The Voice EUA deu bronca nos fãs, fazendo seu gesto ser o mais comentado na época.

Em entrevista ao G1, Melanie Martinez – que não gosta de falar sobre o The Voice, sua maquiagem e cabelo e vida pessoal – lembrou da primeira vez em que esteve no Rio e chamou a atenção dos fãs. À época, ela mandou um recado no Twitter pedindo para que eles ouvissem as suas músicas e assistissem ao show pelo qual pagaram. Ela também comentou que tentava explicar o que a música significava para ela, entretanto “as pessoas estavam gritando coisas inapropriadas naquele momento”, desabafou.

 

Álbum reflete problema vivido pela cantora

A atitude não é para menos; A jovem cantora pop tem ansiedade e luta contra isso. A moça afirma que uma situação como essa pela qual passou deixa-a muito estressada e, não à toa, escancara esse problema por meio de Crybaby, personagem criada por ela e que também dá nome ao seu único álbum.

Por trás da estética de criança, há uma jovem de 21 anos compondo letras que falam sobre depressão, abuso de drogas, tristeza por terem esquecido sua festa – como é o caso de Pity Party – e aparências – como em Dollhouse. Melanie pretende continuar com a personagem em seu novo disco sob a ideia de uma continuação, sempre contando uma história sob o ponto de vista dessa personagem.

A cantora, que ficou em sexto lugar na terceira temporada do The Voice EUA, ganhou a admiração dos jurados e do público ao cantar “Toxic”, de Britney Spears. Apesar de amargar a saída sem um prêmio, Melanie Martinez não tem muito que se queixar; Seu show foi o melhor do segundo dia do Lolla, segundo enquete promovida pelo G1, deixando em segundo lugar o astro do rock, Metallica.

 

This article was written by BeaC.