Conheça um pouco sobre a história do banco presidido por Luiz Carlos Trabuco Cappi – o Bradesco

Luiz Carlos Trabuco Cappi é o diretor-presidente, desde 2009, do Banco Bradesco – uma instituição financeira fundada em 10 de.

Luiz Carlos Trabuco Cappi é o diretor-presidente, desde 2009, do Banco Bradesco – uma instituição financeira fundada em 10 de março de 1943, por Amador Aguiar, com o nome “Banco Brasileiro de Descontos S.A”, na região centro-oeste paulista, em um município chamado Marília

As primeiras seis agências

Quando surgiu no mercado, o Banco Bradesco funcionava com a matriz e mais seis agências – nas cidades paulistas de Garça, Getulina, Pompeia, Rancharia, Tupã e Vera Cruz. A instituição também contava com um capital não muito grande – de apenas dez milhões de cruzeiros. Não por acaso, quando abriu as portas, foi chamado de “Banco de Dez Contos”.

O diferencial – a valorização do cliente

A companhia em que Luiz Carlos Trabuco Cappi trabalha sempre valorizou a relação e o contato direto com o cliente. Bem por isso, uma das primeiras providências dentro da instituição foi tirar os gerentes de salas fechadas e colocá-los na linha de frente do atendimento. Foi, inclusive, desta maneira, que Amador Aguiar, que comandava os negócios nos primeiros anos de existência da empresa, chamou a atenção e destacou-se entre os concorrentes da época.

O banco também soube aproveitar as “oportunidades” que vieram com 2ª Guerra Mundial. Não aderir à onda crescente de xenofobia que crescia por conta da guerra é um exemplo. No Bradesco, a ordem era que todos fossem bem atendidos.

Ainda, mais um diferencial da instituição que, hoje, Luiz Carlos Trabuco Cappi preside era o fato das agências funcionarem como se fossem um empório. Ou seja, era possível encomendar diversos produtos, desde remédio ao trigo, até peças de reposição ao combustível. A consequência foi a conquista de um grande número de clientes agricultores, bem como comerciantes e prefeituras.

O objetivo – expandir

Com o tempo, uma boa administração e ideias avançadas para cada época, o Bradesco transformou-se em um banco de massas pioneiro em vários campos – sempre primando pelo bom atendimento. Mas o grande objetivo da companhia era mesmo a expansão.

No dia primeiro de janeiro de 1946 a sede deixou de ser no interior do Estado de São Paulo, em Marília, e passou para a capital do estado. Na ocasião, a prioridade foi ampliar radicalmente os serviços – uma das medidas foi começar a receber nos guichês pagamentos de contas de luz da Light (atual AES Eletropaulo).

Em 1948, para consolidar ainda mais a liderança e despertar nos pequenos clientes o interesse de poupar, a companhia financeira de Amador Aguiar criou a Conta Corrente Popular e Juvenil. Ainda no mesmo ano, adquiriu o Banco Mobilizador de Crédito, com sede no Rio de Janeiro, então Capital Federal.

De banco regional, o Bradesco passou a banco nacional – anexando dezenas de outros bancos e instituições financeiras durante toda a sua trajetória. Recentemente, em agosto de 2015, já sob o comando de Luiz Carlos Trabuco Cappi, foi comprada a filial brasileira do HSBC por US$ 5,2 bilhões.

Luiz Carlos Trabuco Cappi

O executivo é formado em filosofia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH–USP) e pós-graduado em Sócio psicologia na Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP).

Luiz Carlos Trabuco Cappi nasceu em 6 de outubro de 1951 também no município de Marília – a cidade de origem do banco que preside.

This article was written by BeaC.