Conhecendo a história da Torre Eiffel

Símbolo do país, a Torre Eiffel completou 120 anos em 2009. Ela foi construída no final só século XIX e.

Image result for Conhecendo a história da Torre Eiffel

Símbolo do país, a Torre Eiffel completou 120 anos em 2009. Ela foi construída no final só século XIX e não foi feita para durar, era para ser desmontada depois. A data associada à história da Torre Eiffel, é sem dúvida, a Exposição Universal de 1889. Em comemoração ao Centenário da Revolução Francesa, foi realizado um concurso, em que o tema seria a apresentação de projetos, de se construir sobre o Campo de Marte uma torre de ferro, contendo uma base quadrada, com 125 metros de largura e 300 metros de altura. Entre os 107 projetos que foram apresentados, o de Gustave Eiffel se destacou e ganhou. Os engenheiros que participaram com ele foram Maurice Koechlin e Emile Nouguier, e o arquiteto Stephen Sauvestre.

Naquela época, surgiram várias críticas ao projeto, eram pessoas que acreditavam que a construção da Torre, seria uma ameaça à harmonia da paisagem parisiense. Foi feita uma carta de protesto dos artistas contra a construção da torre de Gustave Eiffel. Na opinião deles essa torre de ferro iria atrapalhar a beleza natural da cidade. Ela chegou a ser apelidada por Verlaine de “esqueleto de Beffroi”, descrevendo a imagem nada graciosa da Torre, uma gigante de ferro, bem no meio de Paris.

Apesar de todos os protestos, a torre de ferro começou a ser erguida e levou dois anos. Foram três etapas após as fundações estarem prontas: em 1 de abril de 1888 o primeiro andar ficou pronto, em 14 de agosto de 1888, o segundo andar foi concluído, e por fim, em 31 de março de 1889, o topo da torre foi montado, sendo essa a data da inauguração. Nesse dia, Gustave Eiffel, subiu os 1710 degraus levando a bandeira tricolor para ser colocada no topo. Nessa época, a torre tinha 312 metros de altura e uma visão maravilhosa da charmosa cidade francesa.

O símbolo temporário da capital estava pronto, a torre provisória tinha virado realidade. O direito da exploração seria de 20 anos e estava ligado à uma convenção. Chegando ao término desse período ela deveria ser destruída. Mas durante o seu período de existência, ela foi um sucesso, na Exposição Universal ela teve 2 milhões de visitantes, se tornando nessa época de desenvolvimento industrial francês, um símbolo da França. Ela também fez sucesso na Exposição de 1900.

O seu criador teve um papel importante para que ela não fosse desmontada como se previa inicialmente. Houve um empenho dele em provar que ela, além de ser um ponto turístico, ela poderia ter seu uso também na área científica, multiplicando experiências nas áreas da fisiologia e astronomia. Mas o que foi determinante para que não houvesse a sua destruição, foi a sua utilização como antena de rádio, usada primeiramente pelos militares em suas comunicações e posteriormente nas comunicações radiotelegráficas em caráter permanente. Essa sua utilização foi muito útil na Primeira Guerra Mundial.

O seu sucesso, a levou a ser reproduzida  de forma mais ou menos idêntica em outros países . A cada ano são mais ou menos sete milhões de visitantes, o que nos faz pensar que Paris não seria a mesma sem a Torre Eiffel.

 

 

 

This article was written by BeaC.