Educação em casa

Não raro toma-se conhecimento de atos bárbaros cometidos por estudantes no interior das escolas e das salas de aulas. Agressões.

Não raro toma-se conhecimento de atos bárbaros cometidos por estudantes no interior das escolas e das salas de aulas. Agressões verbais, físicas, atos mal-intencionados e relevantes, atitudes desproporcionais ao ambiente escolar. É preciso questionar ou refletir porque isso acontece. Quais os motivos que levam crianças e adolescentes a se insubordinar num ambiente que deveria ser único para o ensino e ao conhecimento.

As respostas poderiam ser complexas e abrangentes, de explicações técnicas, pedagógicas e psicológicas, porém as explicações necessárias são de uma simplicidade avassaladora porque educação se recebe em casa, de pais para filhos e isto não há o que contestar. Assim sendo a responsabilidade maior pelas agressões que acontecem nas escolas têm início dentro da própria casa do estudante. Nesse ambiente pode haver inúmeras explicações para a agressividade dos filhos, como: desemprego, relacionamento familiar turbulento, falta de poder aquisitivo, inexistência de atenção à vida das crianças e adolescente, entre muitos outros o que nada justifica a violência e os abusos dentro das escolas.

O fato é que a educação, a verdadeira educação realmente começa em casa. São os pais os primeiros professores cuja obrigação é moldar os filhos para viverem com dignidade na sociedade que os abriga, ter respeito pelo próximo, respeitar as leis que regem a sociedade, ser digno e responsável por seus atos. Isto é o mínimo que se pode dar às crianças desde o início de suas vidas e na continuidade dela.

As escolas são ambientes de aprendizagem, para a aquisição do conhecimento que levará crianças e adolescentes ao seguimento de suas vidas atrelados à educação familiar e ao conhecimento adquirido no ambiente escolar e assim galgar posições e se adequar corretamente à sociedade.

Professor não educa. Pais educam. Professor ensina, orienta e forma as pessoas dentro dos fundamentos e paradigmas das leis que o rege. Pais moldam o caráter, a vida e a trajetória dos filhos dentro dos preceitos significativos onde se acentuam: respeito, dignidade, fraternidade, alteridade, respeito às leis e às pessoas.

Educação começa em casa. No seio familiar e ela deve ser abrangente, dinâmica, respeitosa e fortalecida pela compreensão de que o futuro de todos depende exclusivamente daquilo que se aprende com os pais e pelo conhecimento que se adquire nas escolas.

 

This article was written by BeaC.