Flavio Maluf reporta a relevância da definição do público-alvo de um negócio

Muitos empreendedores, principalmente aqueles com pouca experiência, cometem erros que geram graves consequências para os seus negócios, sendo que, uma.

Muitos empreendedores, principalmente aqueles com pouca experiência, cometem erros que geram graves consequências para os seus negócios, sendo que, uma delas pode ser a falência. Nesse sentido, como reporta o executivo brasileiro Flavio Maluf, presidente das empresas Eucatex, a definição do público-alvo é uma questão que leva muitas pessoas que estão abrindo seu próprio negócio a cometerem falhas.

Aliás, os erros não acontecem apenas em relação à definição do público-alvo, pois alguns empreendedores sequer ponderam esse aspecto. E isso também é um grave equívoco, já que definir o perfil dos seus potenciais clientes é uma estratégia de extrema relevância para que um negócio consiga crescer no mercado. Ou seja, não tem como fugir disso, pois se é relativamente complicado acertar na escolha do público-alvo, mas difícil ainda é não ter um.

Isso porque, empresas que não se atentam para essa questão acabam “atirando para todos os lados” e, no final das contas, não conseguem conquistar nenhum cliente. Com isso, os recursos investidos acabam sendo totalmente infrutíferos. Desse modo, o negócio já começa no prejuízo. Por outro lado, quando há um investimento direcionado para aquele público que pode realmente vir a comprar com a empresa, a tendência é que esta consiga se fortalecer cada vez mais dentro do seu segmento, noticia o empresário Flavio Maluf.

Em relação a isso, diferentemente do que pensam alguns empreendedores, não é algo assim tão complexo definir para quais pessoas deve ser direcionada a atenção de uma empresa, sendo que, para obter êxito nesse processo, a primeira questão relevante é o conhecimento do empresário a respeito do mercado no qual seu negócio atuará.

Para obter esse conhecimento, especialmente no caso dos pequenos empresários, existem algumas ações que são indispensáveis, informa Flavio Maluf. Interagir com o público e buscar o maior volume possível de informações sobre a concorrência são duas dessas ações. No primeiro caso, estar sempre em meio aos consumidores, conversando com eles e analisando o seu comportamento, permite que o empreendedor tenha uma boa noção a respeito da renda que eles têm disponível e dos seus gostos e preferências.

Com isso, torna-se viável desenvolver estratégias de vendas que sejam pontuais no sentido de que a proposta apresentada estará adequada à demanda do consumidor. Ou seja, o investimento será feito exatamente de acordo com as necessidades das pessoas, o que aumenta significativamente as chances de elas fecharem a compra, cita o executivo Flavio Maluf.

Já no que se refere à importância de conhecer a concorrência, o presidente das empresas Eucatex destaca que, quando um empreendedor sabe o que as empresas que atuam no mesmo segmento do seu negócio fazem para atrair o público, ele tem a possibilidade de oferecer alternativas inovadoras e diferenciadas em relação ao que já é oferecido no mercado.

Desse modo, mesmo que o empreendimento seja modesto, por oferecer algo novo e relevante para os consumidores, a tendência é que ele consiga se sobressair em relação aos seus concorrentes.

Por isso, como informa Flavio Maluf, a definição do público-alvo de um negócio é tão relevante. Ela permite conhecer os potenciais clientes e suas preferências e viabiliza que seja feita uma análise das empresas que já atuam no setor de interesse desse público, o que serve como base para a criação de estratégias que farão com que o empreendimento se destaque no mercado.

fonte

 

This article was written by BeaC.