Grupo de Duda Melzer e profissionais de comunicação em prol do jornalismo verdade

Eduardo Sirotsky Melzer, presidente do Grupo RBS, e equipe criam ações reforçando o posicionamento em defesa do jornalismo verdade e.

Eduardo Sirotsky Melzer, presidente do Grupo RBS, e equipe criam ações reforçando o posicionamento em defesa do jornalismo verdade e contra a disseminação de notícias falsas amplamente veiculadas.

As notícias falsas nunca foram disseminadas tão facilmente como nos dias atuais. Diante deste fato, neste ano, o Dia do Jornalismo, comemorado no Brasil em 7 de abril, foi marcado pelo posicionamento em defesa do jornalismo verdade, onde as marcas do Grupo RBS de Eduardo Sirotsky Melzer realizaram várias ações em prol da veracidade no jornalismo e dos profissionais responsáveis e comprometidos que trabalham para oferecer informações confiáveis à sociedade.

O vice-presidente Editorial do Grupo RBS, e, presidente da Associação Nacional de Jornais (ANJ) e do Fórum Mundial de Editores, Marcelo Rech, comentou que somente o jornalismo responsável e profissional pode servir como antídoto contra a torrente de desinformação instaurada.

Sob a direção de Eduardo Sirotsky Melzer o Grupo RBS lançou alguns vídeos-manifesto seguindo o conceito “a realidade é incrível demais para se ler notícias falsas”, valorizando o esforço de jornalistas que trabalham em busca da verdade para proporcionar conteúdo sério e autêntico à população, e, distinguindo o que vem a ser notícia real e fake news. Também foi publicado anúncios nos jornais do Grupo enaltecendo o real profissionalismo na área.

Com a intenção de ajudar a diminuir a circulação de informações com conteúdos incorretos, sob a liderança do produtor da Gaúcha, Tiago Boff, foi criado o selo editorial “Notícia falsa na rede”, que passou a ser usado para identificar, em ZH, RBS TV e Gaúcha, todos os boatos desvendados por intermédio de reportagens seguras.

Eduardo Sirotsky Melzer cria projeto Diálogos Jornalismo

Diálogos Jornalismo foi o nome dado a uma das ações desenvolvidas pela RBS SC de Eduardo Sirotsky Melzer em comemoração ao Dia do Jornalista e ao Dia Mundial da Liberdade de Imprensa (3 de maio). No evento, que consiste na realização de uma série de debates e palestras relacionadas à área, estudantes e profissionais discutem sobre temas atuais e relevantes da profissão. O projeto, dividido em 11 encontros, vai percorrer diferentes universidades nos meses de abril, maio e junho.

O primeiro encontro realizado no dia 17 de abril na Faculdade Estácio de Florianópolis, abordou o tema “Jornalismo e Pós-Verdade: o valor da credibilidade em tempos de fake news” e teve como mediadores, Marcelo Barcelos, professor e coordenador de um dos cursos da instituição, e Raphael Faraco, apresentador do Bom dia SC. Durante o evento foram divididas experiências vividas no jornalismo, opiniões sobre o cenário atual e fornecidas algumas dicas valiosas para quem optou por seguir essa profissão.

Na visão de Barcelos, diante das facilidades de propagação e replicação de conteúdo, as mídias sociais vêm atuando como grandes fontes de notícias falsas. Para ele, atualmente, as redes sociais servem como motor de circulação do jornalismo, onde é preciso se ater a detalhes para verificar se as noticias são realmente verdadeiras. Faraco reforçou a necessidade de apuração e confirmação sobre a veracidade das informações coletadas por meio de fontes confiáveis e seguras.

 

This article was written by BeaC.